QUEBRANDO UMA BARREIRA IDEOLÓGICA

Embora atrasado e deficiente, a decisão do Governo Federal de ampliar as concessões de serviço de infraestrutura ao setor privado é positiva e quebra um “tabu ideológico” mantido durante anos pelo Partido dos Trabalhadores (PT) que, mesmo com o estupendo sucesso da Vale do Rio Doce, da EMBRAER ou das Telecomunicações e da Rede Ferroviária, insistiram no murmúrio maledicente de “privatarias” que não existiram.

A privatização da Vale foi um grande sucesso, os investimentos atingiram uma escala nunca antes alcançada, o que se refletiu na valorização das ações da empresa, crescimento brutal no lucro e na elevação da competitividade no cenário internacional que permitiram uma série de aquisições necessárias para o crescimento da empresa a nível mundial. Isso para não falar do impacto nos cofres públicos, com crescimento exponencial dos impostos recolhidos.
E quem hoje não tem telefone fixo em casa? E quem não tem um aparelho celular?
As decisões da Presidente Dilma Rousseff, no sentido de ampliar as concessões à iniciativa privada vêm acontecendo de maneira gradual, primeiro ela anunciou as privatizações das rodovias e ferrovias federais e recentemente anunciou a privatização dos portos, aeroportos e fornecimento de energia.
A Presidente Dilma nega que isto seja privatização e insiste em chama-las de concessões, mas na realidade é a mesma coisa, só muda a nomenclatura, ela só não quer cair na má fama do governo tucano, má fama esta injusta e construída pela própria oposição Petista, que hoje se beneficia dos mesmos recursos que dantes criticava.

“Estamos fazendo parceria com o setor privado para beneficiar a população, para saldar uma divida de décadas e um atraso nos investimentos”. (Presidente Dilma Rousseff)

A verdade é que a Presidente planeja em sua gestão, quebrar um paradigma dentro do Partido dos Trabalhadores (PT) e neutralizar futuras resistências dentro do partido, uma espécie de “vacina contra reações”.

O Senador Agripino Maia (DEM-RN) chamou o plano de “reforma ideológica” de Dilma e afirmou:

“Acho que esse pacote deveria ter sido lançado há pelo menos dez anos”

O Governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) apoiou as medidas anunciadas pelo governo:
“O Governo Federal esta no rumo certo. Sempre defendemos as concessões”.

O mais irônico de tudo é a afirmação do ex-presidente Lula, que é o cara que liderou a oposição petista no Governo FHC, isso mesmo, o cara que foi contra a constituinte de 88, que foi contra a implantação do plano real e que sempre crucificou as privatizações afirmou:
“afinal de contas, o povo não quer saber se quem faz é o Estado ou a iniciativa privada, o povo quer é o beneficio”.
É fácil criticar quando se esta na oposição, não é senhor Lula? Agora muda o discurso na maior cara de pau!
Em nota oficial, o PSDB, tão criticado até hoje por ter patrocinado medidas semelhantes às de Dilma, declarou:

“Lamentamos o atraso dessas iniciativas, que, em curto prazo, não poderão atenuar o decepcionante crescimento do PIB. Porém reconhecemos que essa mudança de rumo adotada pelo governo significa avanços para o país”.
Acredito que a Presidente Dilma Rousseff esta mudando a cara de seu partido, com certeza não está agradando muitos poderosos de sua chapa, mudar de oposição para situação não é nada fácil, mas ela esta fazendo isso melhor que seu antecessor que sempre tomou suas decisões visando a manutenção do poder e não o bem do povo como ele fazia questão de afirmar.
 
Informações extraídas do Jornal Folha de São Paulo, edição de 16 de agosto de 2012.

Comentários

  1. Antecipei a publicação do artigo em virtude do pronunciamento oficial da Presidente Dilma Rousseff em rede nacional nesta sexta-feira de independência, ela utilizou-se da máquina pública para fazer propaganda eleitoral em um momento em que seu partido vai mal na corrida eleitoral para prefeito nas principais capitais do país, aproveita-se da máquina pública para enaltecer os frágeis avanços de sua gestão e atacar os feitos da gestão anterior (FHC). ISTO É UMA VERGONHA!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Carajás e Tapajós...Vale a pena?

SP2040 - A Cidade que Queremos